segunda-feira, 8 de maio de 2017

5 filmes e 5 cidades que vão inspirar sua próxima viagem

Cinco Filmes, Cinco cidades

Tem filmes que fazem questão de usar e abusar (no bom sentido) de suas locações. Muitas delas escolhem cidades famosas para ser seu cenário e a película cria uma relação tão intima com a cidade que esta acaba se tornando uma grande coadjuvante da história. Alguns deles são um grande convite para você programar uma viagem e até servem de base quando você planeja conhecer aquele destino. Pensando nisso, fizemos uma lista de 5 filmes que estão bastante ligados a cidade onde foram feitos. Como bons amantes do escurinho do cinema, fizemos uma lista que não só serve para os viajantes, mas também para os cinéfilos terem uma oportunidade de conhecer filmes consagrados e bem distintos entre si.


7 caixas (Assunção)


Mercado 4 é o maior de Assunção

O filme conta a história de Victor, um carregador de mercadorias que recebe a proposta de carregar 7 caixas de conteúdo desconhecido em troca de 100 dólares. Depois disso, passa a ser perseguido por outras pessoas que almejam esta misteriosa encomenda. É o filme de maior sucesso na história do cinema paraguaio, com um peso semelhante ao que Cidade de Deus teve para o nosso cinema. O filme se passa em Assunção, mais precisamente no Mercado 4, o maior mercado público da capital.

Paddington (Londres)

Na ocasião do lançamento, haviam vários ursos como esse espalhados pela cidade

Alguns podem até querer me matar por ter escolhido esse filme para representar Londres dentro de tantas possibilidades legais como Simplesmente Amor e Um Lugar Chamado Nothing Hill, mas escolhi Paddington por dois motivos bem particulares: era o filme que estava sendo lançado quando estive em Londres pela última vez, e por coincidência, eu fiquei hospedado do lado da estação que dá nome ao filme. Na história, um urso viaja do Peru a Londres em busca de um explorador que havia visitado sua terra natal e é adotado por uma família que tenta ajuda-lo nessa empreitada. Filme para assistir com as crianças.

                        Um Lugar chamado Porto Belo

O terceiro homem (Vienna)


Suspense noir de 1949, O terceiro homem conta a história de Holly Martins, um escritor americano de terceira categoria que chega a Viena com a promessa de trabalho oferecida por um amigo. Ao chegar na cidade, descobre que seu anfitrião morreu de causas misteriosas e passa a investigar o ocorrido. O filme retrata uma Viena pós-guerra que mistura belas paisagens urbanas com escombros de prédios bombardeados, cenários de ótimas perseguições noturnas no filme. Destaque para as perseguições nos esgotos na cidade. A propósito, existe um tour pelas locações do filme que inclusive adentra pelos subterrâneos da cidade.


A noviça Rebelde (Salzburg)

Salzburg e a noviça rebelde. Temos um ótimo artigo sobre a cidade

Pode um filme estar tão intimamente ligado a uma cidade a ponto de ela criar uma dependência turística sobre a película? Sim! E basta chegar em Salzburg para encontrar diversos suvenires disputando espaço nas prateleiras com lembranças de seu filho maior, Mozart. O músico de fama inquestionável nasceu aqui mas briga em termos de visibilidade turística com o musical. Quem for a cidade, vale a pena fazer um tour pelas locações do filme.


Agora e para sempre (Brighton)


Apesar da chuva, Brighton é uma bela cidade

Tessa Scott é uma garota em estágio avançado de leucemia e decide criar uma lista das coisas que deseja fazer antes de partir. Um drama triste, mas muito comovente que se passa na cidade de Brighton, e usa bem as locações do balneário inglês para compor a história.



José Jayme
engenheiro civil, travel-writer, nerd de carteirinha, amante da boa comida e esportes em geral. Colaborador do guia e portal O Viajante.
Comentário(s) pelo Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário


Um casal de viajantes que resolveu juntar as mochilas e compartilhar suas aventuras de estrada.
Saiba mais sobre nós (+)

 
Juntando Mochilas © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo