terça-feira, 18 de julho de 2017

Já ouviu falar em Local Friend?

Esta é a Gabriela Palma, mas pode chamar de Gaby que ela prefere.

Eu sempre fui de viajar sozinha, acho bárbaro e nunca tive problemas com isso. É claro que, como tudo nessa vida, tem prós e contras.
Quem viaja sozinho não depende de ninguém, faz seus próprios horários e passeios, em compensação, não tem com quem comentar algo que chamou a atenção, ou dividir uma conta, e todas as fotos de viagem são selfies. Eu gosto da liberdade, mas sei que temos leitores(as) que não gostam de viajar sozinhos(as). Seja pela insegurança que bate, ou pela solidão mesmo, muita gente até deixa de viajar pra não ir desacompanhado. Já recebemos e-mails perguntando o que achávamos dos serviços de local friend, mas nunca havíamos experimentado, então não tínhamos opinião formada.

Leia também: Uma reflexão sobre viajar sozinho e viajar em grupo
                       Viaje sozinha!

Se você nunca ouviu falar, local friend é o que o próprio nome anuncia: uma amigo local. Cada vez mais comum no mundo, o serviço é prestado por pessoas da cidade, que podem dar dicas, montar roteiros, fazer passeios com o turista, enfim, ser o seu amigo naquela viagem sem companhia. Quando fui ao Rio, queria fazer uma trilha e resolvi testar o serviço e chamei a Gabriela Palma, já que eu não tinha experiência com trilhas a ponto de ir sem ninguém. A Gaby é formada em Turismo, com curso de guia e está à frente da empresa Rio2Explore, especializada em serviço de local friend. Ela também escreve o blog Gaby Pelo Mundo e é youtuber no canal Episódio de Hoje. Gata multitarefas!
Rio2Explore: Esqueça o mapa e divirta-se!

A Gaby já começou me surpreendendo pela escolha da trilha. Ouvindo minhas experiências anteriores e analisando minhas preferências, ela sugeriu que nós subíssemos a Pedra do Leme. Confesso que eu nunca havia ouvido falar dessa trilha e que fiquei animada. A trilha parte do Quartel que fica na Praça Almirante Júlio de Noronha, no Leme, e sobe para o Forte Duque de Caxias. A visita custa apenas R$ 4 de quarta à domingo e é grátis nas terças-feiras. Num trajeto bem arborizado e bem cuidado pelo exército, a gente começa a subir e nem percebe. O papo gostoso da Gaby também ajuda a não cansar na subida, que nem é tão íngreme. Após 2Km de caminhada se chega ao topo, onde fica o Forte do Leme.
A trilha aparece no Google Street View. São só 45min de caminhada.

Construído no Século XVIII com o objetivo de antever as invasões à cidade, que, na época, ainda pertencia ao domínio português, o Forte era conhecido como Forte do Vigia. Em 1895 seu nome foi trocado para Forte do Leme e em 1935 foi renomeado como Forte Duque de Caxias em homenagem a Luiz Alves de Lima e Silva (1803-1880), um marechal do Exército Brasileiro que lutou na Guerra do Paraguai. Apesar de ser este um assunto controverso, muitos logradouros e monumentos no Brasil homenageiam este "herói nacional".
Ao fim da trilha se chega ao Forte Duque de Caxias, que é completamente acessível a pessoas com dificuldade de locomoção. Até a trilha pode ser feita de carro, sem problema algum. É só ligar marcando!

O Forte abriga um pequeno museu e dispõe de banheiros limpos e acessíveis, bebedouro com água bem geladinha de graça e vários telescópios para se apreciar as paisagens cariocas. A vista é, de fato, espetacular! Compensa todo o esforço. De lá se contempla a praia de Copacabana, do Morro da Babilônia, do Morro de Dois Irmãos, do Corcovado e uma exclusivíssima do Pão de Açúcar.
Vista de Copacabana

Vista do Pão de Açúcar

A Gaby explica a história do Rio, do local, tira as suas fotos e suas dúvidas, conta coisas engraçadas, dá dicas de baladas e de programação baratinha para a noite, ou seja, faz tudo o que um amigo local faria. Genial! Juntando Mochilas provou, aprovou e recomenda!


Além de fazer tudo isso, a Gaby ainda tira as melhores Selfies!

Nívia Gouveia
é jornalista, travel-writer e professora de língua portuguesa. Mochileira convicta, leitora incurável, sonhadora juramentada, ela pertence a uma linda labrador chocolate chamada Shakira.
Comentário(s) pelo Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário


Um casal de viajantes que resolveu juntar as mochilas e compartilhar suas aventuras de estrada.
Saiba mais sobre nós (+)

 
Juntando Mochilas © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo