quinta-feira, 15 de maio de 2014

Uma parada estratégica em São Paulo

São Paulo, sempre imponente.

Localizado a 25 km do centro de São Paulo, o Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU) movimentou, em 2013, 36 milhões de pessoas em 284 mil voos. Seus 4 terminais possuem 260 balcões de check-in. Esses números impressionantes fazem de Guarulhos o maior da América Latina em movimentação de passageiros.
Dessa forma, tal aeroporto é o maior concentrador de escalas aéreas de nosso país. Cedo ou tarde, alguma de suas viagens terá uma parada ali. Mas o que seria uma entediante escala pode se converter em uma oportunidade de conhecer a capital paulista, ou curti-la de um jeito diferente.

Incluindo a terra da garoa no roteiro

Ainda na fase de escolher os voos para o seu destino, verifique se o mesmo terá escala em Guarulhos e as opções de horários. Muitas vezes o voo que parte da sua cidade vai apenas para Guarulhos e, de lá, é distribuído para outros destinos, o que faz aumentar ou diminuir o tempo de escala.
Qualquer escala acima de 6 horas já dá para se arriscar a ver algo em São Paulo. Menos que isso pode se converter em um voo perdido. Cogite inclusive ampliar a escala para algo em torno de 20h e durma na capital paulista. Ou nem durma e faça do avião a sua cama. Consulte ainda a empresa aérea sobre o stopover, que é uma conexão estendida, em que se pode descer em um destino e seguir voo normalmente 24 horas depois.

Leia tambémComo funciona o Stopover

Modalidades de transporte

Airport Bus Service
Se estiver pensando em ir de táxi, esteja preparado. A corrida até São Paulo custará em torno de cem reais (além das taxas de deslocamento intermunicipal de 50% sobre o valor - autorizada desde 09/01/15 -, e de uso do porta malas), mas você poderá chegar e sair da cidade com mais velocidade, podendo aproveitar melhor o pouco tempo. Considere 40min de deslocamento até lá, em horário de pouco movimento. Uma opção mais econômica é o Airport Bus Service, serviço de ônibus executivo que pode ser pego nos terminais 1, 2 e 4 a um custo de R$36,50, com vários destinos (clique aqui para ver a lista). Neste ônibus, você consegue chegar à capital paulista em 1h15m de viagem a depender do trânsito.
Outra opção ainda mais barata são os ônibus de linha (R$ 4,50), que também têm parada nos terminais 1, 2 e 4. Pegue a linha 257 para ir até a estação do Tatuapé e, a partir dela, pegar o metrô para onde bem quiser. Ou a linha 299, que vai até a estação do Tietê. Duas horas de trânsito já considerando um engarrafamento normal é o tempo que você deve levar para se deslocar, incluindo o ônibus e o metrô.

Linha convencional

E a bagagem?

Ninguém quer tomar um chope na Avenida Paulista abarrotado de malas. Para isso, existe um guarda-volumes (aberto 24h) no Aeroporto de Guarulhos com preços que variam de R$15,00 a R$80,00 dependendo do tamanho da sua bagagem e do tempo em que ela vai te esperar lá.

Guarda-volume disponível 24h

Fazer o quê nesse pouco tempo?

A prefeitura de São Paulo lançou em 2012 um pequeno guia de 82 páginas, chamado ‘Fique mais um dia’. Na publicação, que é distribuída nos Centros de Atendimento ao Turista – CATs – você encontra roteiros temáticos como ‘Um dia de descolado’, ‘Um dia de compras’ ou ‘Um dia cultural’. O guia também tem opções de passeios por bairro. Vale a pena, se você não programou nada, passar no CAT e montar sua rota ali, na hora.

Leia também:

Conheça o Edifício Martinelli em São Paulo
O Rio de Janeiro de Machado de Assis
Como funciona o Stopover

Malas prontas? Veja essas dicas extras:
E não esqueça de fazer sua cotação de seguro de viagens com o nosso parceiro Real Seguros. É mais barato do que você imagina e, comprando em nosso link de vendas, você ajuda nosso blog a se manter vivo sem gastar nada a mais com isso. Clique aqui e saiba mais.

Se buscar por hospedagem, pesquise em nosso buscador do Booking. O site, que também é nosso parceiro, paga uma comissão por hospedagens fechadas que são pesquisadas nos buscadores dos blogs parceiros, ou seja, mais uma ajudinha que vocês nos dão para continuar com o blog vivo e ativo



José Jayme
engenheiro civil, travel-writer, nerd de carteirinha, amante da boa comida e esportes em geral. Colaborador do guia e portal O Viajante.
Comentário(s) pelo Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário


Um casal de viajantes que resolveu juntar as mochilas e compartilhar suas aventuras de estrada.
Saiba mais sobre nós (+)

 
Juntando Mochilas © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo