segunda-feira, 28 de março de 2016

Museu do Terror de Budapeste

Uma das salas do Museu do Terror

A Hungria já passou por maus bocados ao longo da sua história. Sua aliança com a Alemanha durante a segunda guerra lhe custou muito caro e esse preço, pago com vidas e destruição, desestabilizou o pais. E com o fim da guerra, a divisão do mundo colocou a Hungria em poder da União Soviética, o que lhe deu mais alguns anos de repressão. Essas cinco décadas de calvário que o pais passou junto aos nazistas e aos soviéticos são retratadas no Museu do Terror (Terror Háza, em húngaro) localizado na capital do pais, Budapeste.

Tanque de guerra
Logo na entrada você dá de cara com um tanque de guerra e uma parede com fotos das vítimas desse período negro da história deles.
Ao longo de seus três andares, você encontrará vídeos, fotos, documentos e muitos depoimentos de parentes, seja em forma de áudios, seja em forma de projeções. Muitas salas reproduzem situações da época, como reuniões e até uma biblioteca, com uma sala secreta.

Tanque visto do ultimo andar

Quadro mostrando crianças brincando em meio aos destroços

Aqui, você pode ouvir depoimentos de vitimas ou de lideres do regime

Ponte Széchenyi Lánchíd destruída num bombardeio da segunda guerra


Depoimentos em video de familiares de pessoas que já morreram

Ao final de todas as salas você descerá um elevador que te levará ao subsolo do museu, com uma prisão utilizada na época pelas duas ditaduras. Esse clima de masmorra é bem tenso, não recomendo para quem tiver claustrofobia. 

O Museu do Terror é um daqueles museus que cumpre muito bem sua função histórica de mostrar os erros do passado que não devem ser repetidos no futuro. Traz um pouco da angustia que você sente quando visita um campo de concentração. É um soco no estomago que vale a pena ser levado.

A materialização da expressão "cortina de ferro", utilizada para adjetivar o regime soviético

Vídeo de Viagem

Esse artigo foi feito para a blogagem coletiva #MuseuWeekend da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagens (RBBV). Abaixo, você terá acesso a todos os outros artigos que participaram dessa blogagem coletiva.

Geral

blog: A Fragata Surprise

Blog: Despachadas

Blog: D&D Mundo Afora
Cidade: São Paulo, Caruaru, Gramado, Canela, São João del Rei, Belo Horizonte, Espírito Santo e Rio de Janeiro

Europa


Alemanha

Blog: Tá indo pra onde?
Cidade: Berlim

Blog: Viajoteca (Martinha)
Cidade: Berlim

Blog: Pelo Mundo Com Vc
Cidade: Berlim

Blog: Já Fomos
Cidade: Dachau

Blog: Pequenos pelo Mundo
País: Alemanha

Blog: A Li na Alemanha
Cidade: Stuttgart

Bulgária

Blog: Escolho Viajar
Cidade: Sofia

Croácia

Site: Rodinhas nos Pés
Cidade: Zagreb

Espanha

Blog: Virando Gringa
Cidade: Playa Blanca, Canarias, Espanha

Blog: Comendo Chucrute e Salsicha
Cidade: Sevilha

Blog: Esto Es Madrid, Madrid
Cidade: Santillana del Mar

Blog: Sol de Barcelona
Cidade: Barcelona


França

Blog: Viagem LadoB
Cidade: Paris
Museu: Museé D'Orsay 

Blog: A Path to Somewhere
Cidade: Paris

Blog: Destinos por onde andei...
Cidade: Paris
Museu: Louvre

Blog: Direto de Paris
Cidade: Meudon
Museu: Musée Rodin

Blog: SOSViagem
Cidade: Paris

Blog: Apure Guria
Cidade: Paris

Grécia

Blog: Viaje Sim!
Cidade: Ilha de Delos

Blog: Fourtrip
Cidade: Atenas

Holanda

Blog: Novo Caroneiro
Cidade: Amsterdã
Museu: Sexmuseum

Irlanda

Blog: The Life of isa
Cidade: Dublin

Itália

Blog: Passeios na Toscana
Cidade: Florença

Blog: The Nat's Corner
Cidade: Milão

Blog: Vou pra Roma
Cidade: Roma

Blog: Roma Pra Você
Cidade: Roma

Blog: Grazie a Te
Cidade: Firenze

Malta

Blog: Viagens Invisíveis
Cidade: Valeta

Reino Unido

Blog : No Mundo da Paula
Cidade : Londres

Blog: Vamos Viajar
Cidade: Londres

Blog: Segredos de Londres
Cidade: Londres

Blog: Mochilão Barato 
Cidade: Londres
Museu:  Madame Tussauds 

República Tcheca

Blog: Trilhas e Cantos 
Cidade: Praga 

Rússia

Blog:Love and Travel
Cidade: São Petersburgo

Blog: Viajei Bonito
Cidade: São Petersburgo

Suécia

Blog: Viajar pela Europa
Cidade : Estocolmo
Museu : Museu Vasa 

Suíça

Blog: Carta sem Portador 
Cidade: Martigny

Turquia
Blog: Viagem a Dois
Cidade: Istambul

Blog: Travel with Pedro
Cidade: Istambul

América do Sul Argentina

Blog: Sonhando em Viajar!
Cidade: Buenos Aires.

Brasil

Blog: Coisos on the go
Cidade: Brumadinho/MG
Museu: Inhotim

Blog: E aí, Férias!
Cidade: Petrópolis/RJ
Museu: Imperial

Blog: Outro blog
Cidade: Rio de Janeiro, RJ

Blog: #KariDesbrava
Cidade: Rio de Janeiro

Blog: O Melhor Mês do Ano
Cidade: São Paulo

Blog: Cantinho de Ná
Cidade: Recife

Blog: De Cá Pra Lá
Cidade: São Paulo

Blog: Viagens que Sonhamos
Cidade: Porto Alegre

Blog: Orientando-se pelo Mundo
Cidade: São Paulo
Museu: Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil
Post: em desenvolvimento

Blog: Nativos do Mundo
Cidade: Rio de Janeiro

Blog: Atravessar Fronteiras
Cidade: Brasília
Museu: CCBB - DF

Blog: Embarque neste blog
Cidade: São Paulo

Blog: Vida de Turista
Cidade: Porto Alegre - RS

Blog: Mel a Mil pelo Mundo
Cidade: Porto Alegre - RS

Blog: Rodando pelo Ceará
Cidade: Fortaleza- CE
Museu: 5 Museus Incríveis para Conhecer no Ceará
Post: em desenvolvimento

Blog: Devaneios de Biela
Cidade: Curitiba-PR

Blog: Tirando Férias
Cidade: São Paulo - SP

Blog: Viagem em Detalhes
Cidade: São Paulo

Blog: Estrangeira
Cidade: Alcântara - MA

Blog: Viajar hei
Cidade: Rio e São Paulo.

Chile

Blog: Gastando Sola Mundo Afora
Cidade: Santiago

Peru

Blog: De Mochila e Caneca
Cidade:Lima

América do Norte

Estados Unidos
Blog: Família Viagem
Cidade: Atlanta, Georgia (EUA)

Blog: Janela para o Mundo
Cidade: Memphis, Tennessee (EUA)
Museu: Graceland

Blog: RenataPereira.tv
Cidade: Austin, Texas

Blog: Aquele Lugar
Cidade: Washington D.C.

Blog: Fica Dica Viagens
Cidade: Miami

Blog: Casal Califórnia
Cidade: San Diego

Blog: Malas e Panelas
Cidade: Los Angeles

Blog: Felipe, o pequeno viajante
Cidade: Anchorage, Alaska

Blog: Ideias na mala
San Francisco

México

Blog: Viagem de Fuga
Cidade: Cidade do México

Blog: Viviendo en el México Mágico!
Cidade: Cidade do México
Museu: Museo Nacional de Antropologia
Post: Em desenvolvimento.

Blog: Uzi Por Aí
Cidade: Cidade do México

Blog: EU SOU À TOA - Dicas para viajantes independentes
Cidade: Cidade do México

Asia


China

Blog: Like Wanderlust
Cidade: Xi'an

Vietnã

Blog: Brazuka
Cidade: Cidade de Ho Chi Minh

Japão

Blog: A Aventura Começa
Cidade: Inuyama
Museu: Meijimura

Oceania Australia

Blog: Coordenadas do mundo
Cidade: Sydney

Leia também:


E não esqueça de fazer sua cotação de seguro de viagens com o nosso parceiro Real Seguros. É mais barato do que você imagina e, comprando em nosso link de vendas, você ajuda nosso blog a se manter vivo sem gastar nada a mais com isso. Clique aqui e saiba mais.

Se busca por hospedagem, pesquise em nosso buscador do Booking. O site, que também é nosso parceiro, para ao blog uma comissão por hospedagem fechada que são pesquisadas no box presente em nosso site, ou seja, mais uma ajudinha que você nos dá sem precisar desembolsar nada a mais por isso.



José Jayme
engenheiro civil, travel-writer, nerd de carteirinha, amante da boa comida e esportes em geral. Colaborador do guia e portal O Viajante.
Comentário(s) pelo Facebook:

19 comentários:

  1. Olha, este foi um dos museus que mais me impressionou na vida. Nunca vou me esquecer dele! Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  2. Uaaaau! A cortina de ferro me arrepiou!!!!!
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem legal ne? e fica logo na entrada, ainda do lado de fora

      Excluir
  3. Tá demais essa blogagem ! Até agora, o seu museu foi o mais tenso que visitei pela #MuseumWeek. Parte triste da história. Mãe é um lugar que eu visitarei quando for à Budapeste! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato o museu cumpre seu papel histórico. Bem tenso mesmo

      Excluir
  4. Não posso ver um telefone destes ou uma tela com depoimento de sobreviventes, que desando a chorar... Como vc disse, é um soco no estômago que vale a pena ser levado, para que a história não se repita, nem como tragédia, nem como farsa. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... as vezes morga um pouco a viagem mas nos transformam em outras pessoas

      Excluir
  5. É verdade que é meio pesado, mas é história! Gostei muito!
    Ana

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto muito de História, especialmente esta história recente do século XX... Imagino que iria apreciar demais uma visita a este museu, apesar do clima negativo que envolve este período da História! Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a gente tem muito mesmo a aprender com esses museus. Obrigado pelo elogio

      Excluir
  7. Ah, o link para meu post está com erro... Se puder corrigir, agradeço!
    http://www.trilhasecantos.com.br/2016/03/museu-comunismo-praga.html
    abs

    ResponderExcluir
  8. É um museu para mexer com as emoções mesmo! Gostei da representação da cortina de ferro!

    ResponderExcluir
  9. Essas paredes com fotos das vítimas me lembrou o museu de direitos humanos de Santigo...são de embrulhar o estômago, mas necessárias.

    ResponderExcluir
  10. Não conheço! E olha que já estive em Budapeste, mas foi rápido e acho que nem ouvi falar desse museu... Sempre tem motivos pra voltar!

    ResponderExcluir
  11. Eu fui neste museu. Qdo cheguei na parte de baixo, lá nos porões onde as pessoas eram torturadas, não aguentei: chorei!

    ResponderExcluir
  12. Que incrível! Muito legal os comentários históricos que você colocou no post, deve ser mesmo muito angustiante visitar um lugar assim.

    ResponderExcluir


Um casal de viajantes que resolveu juntar as mochilas e compartilhar suas aventuras de estrada.
Saiba mais sobre nós (+)

 
Juntando Mochilas © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo
design + código gbml