sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Mondial de lá Bière: Como foram os dois primeiros dias

1000 rótulos para experimentar

De protestos contra cervejaria a gente sendo expulsa por jogar cocô no banheiro, esse festival já teve de tudo para quem apenas está na metade. E essa semana viemos ao Rio de Janeiro para cobrir os cinco dias desse que é o maior festival de cerveja do país.
Apesar de um primeiro dia tumultuado com muitas filas para entrar, ir ao banheiro e fazer pagamentos, o evento está se monstrando muito organizado. Há cartões de consumo que você deve adquirir logo quando entra e carregar ele com dinheiro para compras as brejas. Também logo que entrar, pegue seu copo no stand indicado e guarde com carinho, lavando-o sempre (ou usando de vez em quando para beber água) nos pontos de hidratação. Se deixar cair, já era! E ainda vai ser ovacionado por todos ao redor com um sonoro e coletivo "Oooeeeee".

Salão cheio todo os dias
Um dos assuntos que tomou conta das redes sociais, e dos corredores do evento, foi uma crítica da cervejaria Urbana dando a entender que a cervejaria carioca Suburbana havia plagiado seu nome. As 18h do primeiro dia houve um protesto em frente ao stand da cervejaria paulista e já no segundo dia, muita gente estava com adesivos na camisa e hashtags nas redes sociais escrito #SomosTodosSuburbanos

Turma da Suburbana foi destaque
Além de cobrir o festival, viemos ao evento para promover o estado de Pernambuco como uma rota de turismo cervejeiro, em parceria com a empresa de turismo Hanseatic, o Recife Beer Tour e a Bike da  Breja. Já colocamos muita gente pra dançar frevo e ganhar um kit de cervejas pernambucanas. Se você estiver vindo ao festival por esses dias, nos procure, quem sabe, não ganhar algumas brejas Pernambucanas?

Sorteio de cervejas pernambucanas

Tanta coisa já aconteceu e estamos chegando agora no meio do festival, que vai até domingo!
Fiquem ligados em nossas redes sociais e aqui no blog para acompanhar nossa cobertura.

Leia também: 

Mondial de la Bière: o veredito
O Rio de Janeiro de Machado de Assis


José Jayme
engenheiro civil, travel-writer, nerd de carteirinha, amante da boa comida e esportes em geral. Colaborador do guia e portal O Viajante.
Comentário(s) pelo Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário


Um casal de viajantes que resolveu juntar as mochilas e compartilhar suas aventuras de estrada.
Saiba mais sobre nós (+)

 
Juntando Mochilas © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo