terça-feira, 13 de novembro de 2012

Ibiza é possível!


A ilha, que é sinônimo de baladas e festas, é bem mais acessível do que se imagina.

Stand da Amnésia, um dos primeiros que voce verá no Aeroporto de Ibiza

Quem gosta da vida noturna e de música eletrônica, certamente já ouviu falar sobre Ibiza. A ilha é a Meca de todos os baladeiros desse planeta. Durante o período do verão europeu, os principais DJs do mundo marcam presença nas legendárias boates de lá e o balneário é invadido por astros de Hollywood, jogadores de futebol, membros da realeza e supermodelos.
Junto com a fama da diversão vem também a dos preços praticados nas casas noturnas. De fato, uma cerveja em qualquer boate não custa menos que 10 Euros. Só para entrar nas baladas, você terá que desembolsar valores que vão além dos 60 Euros, cada ticket. Isso sem falar em hospedagem, deslocamento e refeições. Se até aqui você não caiu na real, vamos repetir: Ibiza é uma ilha, ou seja, até uma mísera garrafinha de água mineral, lá, tem que ser importada do continente, e isso tem um custo alto.
Apesar de tudo, Ibiza não é algo exclusiva para afortunados milionários. Qualquer pessoa sem muito dinheiro e sem muita frescura pode parar de sonhar e realizar o desejo de conhecer as melhores baladas do planeta. Muita gente deve achar que estamos loucos, mas é isso que nós vamos ensinar a você!
Se você ainda acha que não é possível realizar o sonho de se jogar em Ibiza com pouco dinheiro, raciocine: para sustentar todo esse mercado de luxo, é necessário que pessoas trabalhem lá. Essas pessoas precisam comer, beber, vestir, se deslocar. Elas não são milionárias. São trabalhadores, como nós e você. Por isso dizemos que sem tanto dinheiro e frescura, Ibiza é possível. “Em Roma, como os romanos”, em Ibiza, como os ibicencos. Coma como eles, beba como eles, ande como eles e você vai ver como é gostoso ser como eles!

Entendendo Ibiza


Vista da ilha a partir da área comum do Hotel Cenit
Ibiza pertence à comunidade autônoma das Ilhas Baleares, localizada ao sul da Espanha, no Mar Mediterrâneo. O arquipélago compreende as ilhas de Maiorca, Menorca, Cabrera, Ibiza e Formentera. Com cerca de 100 mil habitantes, a ilha de Ibiza possui cinco municípios e o principal se chama Eivissa, que é como se escreve Ibiza em Ibicenco, um dialeto do idioma Catalão. A cidade de Eivissa tem 42 mil habitantes.
Joia da época Fenícia-Cartaginesa, Ibiza possui belezas naturais singulares e integra o Patrimônio Mundial da Unesco. Tem nas festas de musicas eletrônicas seu maior apelo turístico, fruto de uma forte presença dos hippies, na década de 70. As principais boates se concentram entre os municípios de Eivissa e Sant Antoni de Portmany.

Como chegar, circular, dormir e se alimentar


Transporte entre o Aeroporto de Ibiza e o centro de Eivissa
O acesso à ilha se dá por avião ou por barco. Os preços entre as duas modalidades são bem parecidos e, como a viagem de barco demora cerca de 5 horas e tem horários limitados, vale mais a pena ir de avião. A Ibéria é uma das empresas a operar voos regulares, partindo de Barcelona e Valencia, para a ilha. São as opções mais em conta saindo da Espanha.
Há voos de outras cidades, como Madrid, mas, pelas nossas pesquisas, são bem mais caros. Caso se interesse por ir de barco, os mesmos saem também de Barcelona e Valencia. As empresas que operam essa travessia são Acciona, Transmapi e Balearia.
Para se deslocar entre os pontos turísticos e de interesse da ilha, existem linhas de ônibus quem atendem a todos os lugares e custam a partir de 1,65 Euros a passagem. À noite, para ir às boates, existe o Disco Bus, linha de ônibus municipal exclusiva para transporte entre as boates. O preço em 2012 era de 3,50 Euros. Informe-se no hotel onde ficam os pontos mais próximos. Vale a pena! É barato e seguro.
Linha municipal exclusiva para as principais boates da ilha
Ibiza possui albergues, mas eles lotam muito facilmente e é bastante difícil conseguir vaga. Alguns hotéis, como o Cenit, porém, possuem preços convidativos. Em 2012, a hospedagem para casal custava 65 euros. Um verdadeiro achado, numa ilha como Ibiza! Dica de ouro: quanto mais fora da área do agito, mais barato ficam as acomodações. Não se assuste com a informação, pense que a cidade tem 42 mil habitantes. Por mais longe do centro que você esteja, dá pra ir a pé ou com um ônibus da linha mais barata. Mesmo nesses hotéis, a reserva deve ser feita com antecedência, pois a procura é sempre elevada.
Outra opção é a locação de apartamentos, que existem aos montes com capacidade para 4, 6, 8 e 10 pessoas, ótimos para grupos. A maioria desses apartamentos ficam justamente na Platja d’en Bossa, a praia mais badalada da ilha.
Se quiser comer fora, opte por restaurantes pequenos, ou fora das ruas principais, que possuem menu do dia. A comida de rua também é uma boa alternativa. Os kebabs árabes, por exemplo, estão em todas as esquinas da Europa. A escolha mais barata, no entanto, são os supermercados. Se você dispuser de cozinha onde estiver hospedado, pode comprar macarrão, molhos prontos, embutidos e queijos e fazer seu próprio jantar. Não tem o charme da cidade, mas são uma boa se a ideia é economizar.
Delicia esses Kebabs
Para beber, é bom lembrar aos que gostam de uma boa vodka que a Absolut e os energéticos possuem ótimos preços nos supermercados euopeus e, em Ibiza, não é tão diferente. Sucos são vendidos em caixas de até 3 litros por dois Euros. Vinhos custam menos de cinco Euros e, normalmente, são mais baratos que Coca-Cola.
Se precisar usar a internet, cuidado. Os hotéis costumam cobrar caro pelo uso, mas nos pontos de maior movimentação de turistas há internet gratuita e de ótima velocidade. Isso inclui as praias, como Figueretas, e o centro de Eivissa. Se precisar usar, é melhor deixar para usar na rua, mas, convenhamos, com tanta gente bonita, você não vai querer perder nem um segundo no Facebook, né?
Lista com os locais públicos onde a internet é gratuita
Modelo iraquiano que estava na nossa boat party e faria muita gente esquecer que existe internet.

Como funciona a balada

Pré-baladas e festas diurnas

Ibiza não sabe o que é dia nem noite. Acontecem festas em todos os lugares, e em todos os horários. É normal que a galera acorde às 11 da manhã e vá para a Platja d’en Bossa, para bares como o Bora Bora, o bar de praia mais famoso da ilha. Não se paga para entrar. A música eletrônica rola solta e as pessoas dançam a beira-mar. A bebida é cara, mas você pode levar a sua. As camas de praia, essas sim são pagas. Custam 10 Euros e só valem a pena se você estiver em um grupo bom.
Despedidas de solteiro são frequentes no Bora Bora. A galera enlouquece e sobe nas mesas.

Circulando pela praia você encontrará promotores das boates, distribuindo pulseiras que dão acesso gratuito às casas noturnas. Sim, ENTRADAS GRATUITAS! Porém para quem chegar antes da meia-noite. Se ele for com a sua cara, você pode ganhar entradas para ótimas boates. Guarde todas e no final do dia escolha uma para ir. Nessas horas a simpatia ajuda, seja comunicativo!
Eventos interessantes que acontece na ilha são as pré-festas. Como a bebida nas boates é cara, as pré-festas são barbadas de fim de tarde, com bebida livre para que todos já cheguem na night sem precisar beber mais. Tem festa de todo tipo: na piscina de hotel, em barco, na praia. Os preços ficam na faixa de 60 Euros. OK, é caro. Mas se você pensar que pode beber e comer o quanto aguentar, com gente linda e bêbada do mundo todo e um ótimo DJ... Ficou barato, né? Pois é. Além do mais, muitas dessas festas também dão entradas gratuitas sem limites de horário para boates, ou seja, com o ingresso da pré-festa, você já garante o resto do dia.
Uma das Pré-festas, a Boat Party, é regada a muita sangría, vodka e música
Os iraquianos fizeram sucesso no barco.
Obs.: A Pacha, por ser a boate de maior prestígio da ilha, é a única para a qual você não encontrará tickets gratuitos. De toda forma, vale a pena fazer o esforço de pagar o ingresso e poder dizer que já foi à melhor boate do mundo!


As festas e baladas propriamente ditas

Se você for baladeiro de carteirinha, separe uma semana para a ilha. Pode parecer exagero, mas, se passar menos tempo que isso, sairá com um gostinho de que não conheceu nada. A propósito, é disso que a ilha vive e ao chegar no aeroporto você verá mais cartazes e anúncios sobre as boates do que sobre as belezas naturais e turísticas da ilha, o que deixa claro que os atrativos turísticos são, de fato, as festas. Não deixe de conhecer as melhores boates: Pacha, Amnesia, Privilege e Space. Exatamente nessa ordem, caso tenha que excluir alguma.
Loja especializada em tickets de boate, com a programação das principais na porta
Pesquise sobre as festas na internet e, se não tiver problema em amarrar seu roteiro, compre o ingresso com antecedência pelo site da boate, pois ganhará bons descontos. Se preferir comprar quando chegar, opte por fazer isso em um dos estabelecimentos da ilha. Você não terá que procurar muito por eles: praticamente toda bodega ibicenca vende ingressos, desde lojas especializadas em tickets até lavanderias. Só não deixe para comprar na bilheteria da boate, ou você pagará o preço sem desconto algum. Para as outras boates, vale a regra da pulseirinha distribuída na Platja d'en Bossa.
As melhores boates de Ibiza tem DJs residentes do calibre de David Guetta, Bob Sinclair, Above And Beyond, Tiesto, Paul Van Djke e Armin Van Buuren. Quem sempre dá uma canja por lá é FatBoy Slim, que adora a ilha. Outras caras fáceis por lá são Cameron Diaz, Leo di Caprio, Shakira e Picquet, Will.I.Am, James Blunt e David e Victoria Bekhan. Simples assim.
Boate Amnesia (essa foi a única cerveja da noite)
Capas e máscaras foram distribuídas na Amnesia. Até hoje não descobrimos o porquê...
É costume entre a galera que vai pra Ibiza já chegar borrachito na balada. Como nós já dissemos, uma cerveja long-neck custa mais de dez Euros lá dentro. Uma água mineral vale sete Euros. Um absurdo! Outra coisa: as boates ficam em lugares afastados e você dificilmente encontrará um bar próximo para beber antes de entrar na balada. Na boate Amnesia, por exemplo, nem é possível atravessar a passarela sobre a rodovia se estiver com sua bebida trazida do hotel.
O único lugar que encontramos e que ainda vendia umas cervejas perto da boate era uma pequena lanchonete em frente à Pacha conforme foto abaixo. 
A seta amarela, Pacha. A seta vermelha, um pequeno estabelecimento para sentar e tomar uma cerveja
Vale a pena reviver os tempos de adolescente e sentar na frente para beber umas cervejas antes de curtir a noite. E não precisa ficar envergonhado por isso. Esse é um costume local. Você não estará sozinho.
Dentro da balada, tudo é muito louco. É como estar em uma outra dimensão. Imagine o melhor som que você já ouviu, a melhor iluminação que você já viu, o povo mais bonito do mundo, vestindo as melhores roupas e usando os melhores perfumes do mundo, todo mundo feliz só por estar ali. Tá bom... A cerveja é absurdamente cara... Mas você já entrou borrachito! Vai curtir!


Vista da pista principal da Pacha Ibiza, a melhor boate do mundo.

Pós-balada

Quem ainda tiver pique, pode emendar uma pós-balada. De novo, tem pra todo gosto. De um ‘simples’ nascer do Sol em uma praia paradisíaca a uma festa na piscina de um hotel de luxo, tudo pode rolar. Já adiantamos que pouca gente consegue a proeza de passar da balada para o pós-balada. É que o pré-balada do dia seguinte já está se aproximando, e você não vai querer ir com cara de ontem, pra ver gente com cara de anteontem. Vai descansar um pouquinho! Umas três horinhas já são suficientes.

Drogas

Ouvimos dizer que rola muita droga em Ibiza. Nós, que somos caretas, particularmente NÃO VIMOS NADA disso! Alguns amigos que já foram disseram que viram distribuição de ecstasy. Como nós não somos chegados nisso e nem presenciamos nada, não podemos nem falar a respeito.

Agora é pegar a sua sangria e curtir o verão europeu
Para mais dicas de como economizar em roteiros de viagens, clique aqui

Vídeo de nossa viagem a Ibiza. Não esqueça de curtir nosso canal no youtube


Outros vídeos para quem vai a Espanha



Leia também:


Agora que descobriu que Ibiza não é impossível, que tal se planejar?

E não esqueça de fazer sua cotação de seguro de viagens com o nosso parceiro Real Seguros. É mais barato do que você imagina e, comprando em nosso link de vendas, você ajuda nosso blog a se manter vivo sem gastar nada a mais com isso. Clique aqui e saiba mais.


Se busca por hospedagem, pesquise em nosso buscador do Booking. O site, que também é nosso parceiro, para ao blog uma comissão por hospedagem fechada que são pesquisadas no box presente em nosso site, ou seja, mais uma ajudinha que você nos dá sem precisar desembolsar nada a mais por isso


José Jayme
engenheiro civil, travel-writer, nerd de carteirinha, amante da boa comida e esportes em geral. Colaborador do guia e portal O Viajante.
Comentário(s) pelo Facebook:

15 comentários:

  1. Olá! Com relação a transporte e localização na ilha é bem tranquilo? As praias são agradáveis e acessíveis a qualquer pessoal? Estou querendo fazer apenas um tour em Ibza, somente para conhecer os pontos turísticos, pois estou planejando uma viajem com o seguinte roteiro: Portugal -> Espanha -> França . Você acha que vale a pena dar uma passada na Ilha com este roteiro?

    ResponderExcluir
  2. Olá Fàbio. Transporte na ilha e tranquilo. O transporte publico é predominantemente feito por onibus mas muita gente, para ter maior liberdade, opta por alugar um carro ou uma scooter. Tudo na ilha tende a ser mais caro que no continente e as praias são tão bonitas quanto as da espanha. É bom ver se um pulo na ilha nao iria comprometer seu orçamento de viagem. Se der certo, vale a pena

    ResponderExcluir
  3. ótimo post! Mas desse jeito que vocês falaram, quantos euros levar p gastar la, +/-?

    ResponderExcluir
  4. E quanto à segurança o que achou? Qual a lingua falada na ilha? Grata S.Maria

    ResponderExcluir
  5. Bianca
    considere 60 euros a entrada da boate, em média, mais uma feira de bebidas em torno de 50 com uma cerveja ou água na balada que custa 10 euros. Comida e transporte acho que nao passará de 60 euros comendo kebabs e supermercado, além de andar de onibus. Se for curtir uma pre-balada, mais 60 euros e a vantagem é que a bebida está inclusa

    ResponderExcluir
  6. S. Maria
    Segurança achei super tranquilo. Não passamos por situações de perigo em nenhum momento e não ouvi comentários a respeito de assaltos ou roubo de nenhuma natureza. A unica exceção foi que, em uma festa de praia, levaram meu chinelo mas ele estava em meio a muitos outros chinelos e acredito que tenham pego por engano.
    A lingua mais falada é, obviamente, o espanhol mas será muito facil se comunicar em inglês la pois tem muitos estrangeiros trabalhando na ilha

    ResponderExcluir
  7. Olá boas!
    Adorei o seu blog, ando a aqui a preparar para ir.. diga-me uma coisa, 60€ comida e transportes uma semana?

    ResponderExcluir
  8. Sara, 60 euros para comida e transporte durante uma semana acho pouco, mesmo para orçamentos mais radicais. Acho que com 100 euros voce consegue, sem correr riscos

    ResponderExcluir
  9. Obrigada, em principio tudo correr bem vou la em julho :D não sei se ainda vou uma semana mas se for fico já a saber o valores e mais ou menos as coisas. Estas festas de barcos paga-se tb .. é uma coisa do momento as pessoas convidam e tal... ?
    Ja agora quais foram as praias e sitios melhor de sempre...
    beijinho

    ResponderExcluir
  10. Nossa adorei sua descrição sobre Ibiza, parabéns , vou para lá agora dia 27 e ja peguei dicas importantes com vc e um pouco de cultura tb. Obrigada beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá! Adorei o post, bem esclarecedor! Quanto vocês recomendariam levar para 4 dias em Ibiza? (apenas para os gastos na ilha, pois já tenho hostel reservado)

    ResponderExcluir
  12. Adorei o post e estou considerando ibiza como o meu próximo destino. Quando vc fala Euro 60/semana, você esta pensando em café da manhã, almoço e água? Como são os preços no mercados lah? Gostaria de passar duas semanas, queria entender quanto preciso levar. Me ajuda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Gabi
      Acho que você viu o valor de 60 euros a entrada de uma das festas, ou 65 que foi o que pagamos pelo hotel. Esse valor de 60 euros ainda é pouco para um dia. Considere algo na casa dos 100 mas é bom você montar seu orçamento de acordo com o que pretende fazer na ilha. No texto existem vários valores que podem ser somados em media para chegar num valor a ser gasto por dia. Não lembro com exatidão os preços de mercado mas são melhores do que comer em restaurante por exemplo. Citamos alguns valores no texto. Temos um guia na pagina principal do blog que ajuda bastante sobre planejamento de viagem (o link para baixar ele está do lado direito da tela). Obrigado e precisando de mais informações, nos avise

      Excluir
  13. Nossa muito show o post, estou pensando em ir em novembro, ja sei a media de quanto gastar, uma vez que estou reservando um hotel com cozinha, sei que gastarei menos, pois cozinhar nunca e demais, irei sozinho. Se possivel me escrevam no meu e-mail rubi.call@uol.com.br, tambem se possivel, adoraria trocar ideias com voces pelo meu zap (19) 99149-5837

    ResponderExcluir
  14. Encontre e faça download facilmente de software e drivers para seus produtos HP. Veja Aqui

    ResponderExcluir


Um casal de viajantes que resolveu juntar as mochilas e compartilhar suas aventuras de estrada.
Saiba mais sobre nós (+)

 
Juntando Mochilas © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo